, ,

Várzea: Liminar derruba Sub-23 na segundona Catarinense

 

 

Uma liminar foi expedida na tarde desta quinta-feira derrubando o limite de idade na segunda divisão do campeonato catarinense 2017. O campeonato começa no próximo domingo e a FCF diz que não vai recorrer da decisão, se algum clube se sentir prejudicado que questione a liminar na justiça. Além do limite de idade, várias datas e horários já foram alterados, o início da competição marcado para este final de semana será tumultuado.

Antes tarde do que nunca

A Série B de 2017 e 2018 seria disputada por atletas sub-23 e mais cinco jogadores com idade superior. A escolha foi feita pelas equipes em votação. O intuito era diminuir custos na competição e dar oportunidades para os jogadores mais novos. Quase todas as equipes votaram a favor da medida, mas para Marcílio Dias, Hercílio Luz e Atlético Itajaí a competição não deveria ter limite, já que é uma competição profissional, os três clubes foram vencidos no voto.

A segunda divisão é um grande mercado para boa parte dos atletas que atuam em Santa Catarina, muitos disputam a série A no primeiro semestre e a Série B na segunda parte do ano. Fazendo uma conta rápida com o número médio de jogadores que compõe um elenco da série B, chegamos ao número de 250 atletas que não terão mais espaço em Santa Catarina no segundo semestre. Outros estados também adotaram esta medida, mas os sindicatos de atletas conseguiram fazer com esta regra fosse revista.

Aqui em Santa Catarina o Sindicato dos Atletas esperou até aos 45 do segundo tempo para entrar na justiça. A liminar foi expedida  autorizando os clubes a contratar atletas a cima de 23 anos com o argumento de que não se pode impedir o trabalho por cor, sexo ou idade. A juíza ainda indica aos clubes que se quiserem dar chance a novos talentos que façam uma competição exclusiva para garotos desta idade.

Federação lava as mãos

A decisão de fazer um campeonato com jogadores sub-23 foi dos clubes e não da Federação. Provavelmente muitas críticas serão proferidas para a FCF que não tem culpa desta decisão. Segundo o assessor de imprensa da entidade Marcelo Negreiros a decisão da justiça será cumprida pela FCF. Se algum clube se sentir prejudicado com esta decisão poderá recorrer, mas a Federação não fará.

 Confira a decisão da Justiça

O que você achou desse artigo?

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *